Labirintite

  • Labiritinte

    Labiritinte

  • Labirintite é uma afecção que pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição porque afeta o labirinto, estrutura do ouvido interno constituída pela cóclea e pelo vestíbulo. Processos inflamatórios, infecciosos e tumorais, doenças neurológicas, compressões mecânicas e alterações genéticas podem provocar as crises. Manifesta-se em geral depois dos 40 anos decorrente de alterações metabólicas e vestibulares. Níveis aumentados de colesterol, triglicéris e ácido úrico podem acarretar alterações dentro das artérias que reduzem a quantidade de sangue circulando nas áreas do cérebro e do labirinto.

    São considerados fatores de risco a hipoglicemia, diabetes, hipertensão, otites, uso do álcool, fumo, café e certos medicamentos, entre eles, alguns antibióticos, antiinflamatórios, estresse e ansiedade.

    Tonturas e vertigens associadas ou não a náuseas, vômitos, sudorese, alterações gastrointestinais, perda de audição ou diminuída, zumbidos, são sintomas característicos.

    Mudanças no estilo de vida são fundamentais para prevenir as crises de labirintite.

     Terapias naturais indicadas

    Reflexologia podal: estimulamos no ponto do ouvido a fortificação do labirinto e a melhoria do líquido do vestíbulo para uma melhor sensação orbital diminuindo as tonturas e vertigens, estimulamos a melhoria das funções dos olhos, estimulamos os cerebelos responsáveis pelo controle dos movimentos voluntários e involuntários.

NOSSAS REDES SOCIAIS
Email this to someoneShare on TumblrTweet about this on TwitterShare on Facebook